O PRODUTOR CULTURAL INDEPENDENTE

Define-se por Produtor Cultural o responsável pela criação e implementação de organizações artísticas e de conteúdos artísticos, capazes de contribuírem para o desenvolvimento cultural do indivíduo. Assim, apenas é dever do Produtor Cultural a defesa dos projetos artísticos cujos Princípios e Valores contribuem para a afirmação do Conhecimento e para o Desenvolvimento Cultural do indivíduo, no pressuposto da Dignidade da Pessoa Humana.

> Consulte a Tabela Referencial de Remunerações (2011)

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Concurso para o Projeto Artístico para o Teatro Capitólio

A Academia de Produtores Culturais ficou em segundo lugar no Concurso para o Projeto Artístico para o Teatro Capitólio, em Lisboa. "Capitólio - Amazing Teatro", com tutoria de Miguel Abreu, foi a proposta da nossa associação. Parabéns ao vencedor, a empresa Sons em Trânsito.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Festival TODOS 2017



Está já em marcha a nona edição do festival TODOS 2017, uma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Academia de Produtores Culturais. 

Acompanhem a edição deste ano na página do facebook do festival e também no site do festival a partir de 25 de julho... 

As datas deste ano são as de 8, 9 e 10 de setembro.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Festival TODOS - Caminhada de Culturas 2016



O Festival TODOS - Caminhada de Culturas 2016 realizou-se entre 08 e 11 de Setembro na Colina de Santana, pelo segundo ano consecutivo.

Agradecemos a todas e a todos os que colaboraram na oitava edição do Festival, cuja informação se encontra disponível em www.festivaltodos.com.

domingo, 16 de outubro de 2016

Tabela de Remuneração de Referência

Publicamos aqui a Tabela de Remuneração de Referência, elaborada a partir dos Encontros Informais de Produtores Culturais, que teve lugar este ano.


Esta tabela foi realizada com o propósito de contribuir para o equilíbrio de pagamentos na área da performance.

Apontamos uma recomendação de mínimo, padrão médio e máximo de referência.

Existem diferenças entre profissionais com experiência e em início de carreira.

Encontramos também diferenças entre profissionais que colaboram com estruturas apoiadas e não apoiadas pelo Ministro da Cultura.

Estes valores dependem dos tempos de trabalho e não mencionam o tipo de contrato, sendo esse dependente do tipo de relação contratual existente.

Adiciona Iva, dependendo da atividade e circunstância.

Na elaboração desta tabela foram consultados relatórios das candidaturas da DGA e partilha de informações por parte de produtores e artistas.

O objetivo desta tabela, não é instituir um rigor que invalide a singularidade de cada projeto, mas sim um conjunto de recomendações orientadoras de uma distribuição dos dinheiros públicos mais coerente e justa.

A Tabela pode ser consultada aqui.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Alexandre Oliveira vence a terceira edição do Prémio Natércia Campos 2015 para Melhor Produtor Cultural

Fundador e diretor da Ar de Filmes e do Teatro do Bairro, Alexandre Oliveira recebeu dia 27 de janeiro o Prémio em cerimónia realizada na Casa-Atelier Vieira da Silva. O Prémio, no valor de 1000 euros, é uma iniciativa bienal da Academia de Produtores Culturais que homenageia a memória de Natércia Campos e premeia as boas práticas de produtores culturais a trabalharem em Portugal.

Pode ler aqui a ata de decisão final do Júri.

(Alexandre Oliveira, fotografado por Cláudia Damas)


sábado, 16 de janeiro de 2016